ACESSIBILIDADE | ALTO CONTRASTE | MAPA DO SITE
TAMANHO DA FONTE: A- | A+

NOTÍCIAS Voltar >


ESCOLA MUNICIPAL PROFª ALDA AMAZONAS MARTINS DE SILVES É REFERÊNCIA NA MERENDA ESCOLAR COM O NÍVEL DE SATISFAÇÃO EXEMPLAR NO AMAZONASESCOLA MUNICIPAL PROFª ALDA AMAZONAS MARTINS DE SILVES É REFERÊNCIA NA MERENDA ESCOLAR COM O NÍVEL DE SATISFAÇÃO EXEMPLAR NO AMAZONAS

Publicado em 17/08/2018, Por Assessoria de Imprensa

A Faculdade de Estudos Sociais da Universidade Federal do Amazonas (FES/Ufam), por meio do curso de Administração, realiza projeto de extensão intitulado ‘Análise da cadeia logística da merenda escolar da prefeitura municipal de Silves’, com a finalidade de avaliar os processos de produção envolvidos na oferta de alimentos aos alunos da escola municipal Professora Alda Amazonas Martins, localizada em Silves, Amazonas (a 206 km de Manaus). Viabilizado pelo Programa Atividade Curricular de Extensão (Pace) da Pró-reitoria de Extensão (Proext), o projeto é coordenado pelos docentes do Departamento de Administração Sandro Breval e Manoel Carlos de Oliveira e desenvolvido por sete estudantes da mesma graduação. Em pesquisa de campo elaborada na última sexta-feira, 10 de agosto, o grupo constatou altos níveis de regionalização da merenda escolar, o que implica em incentivos e financiamentos direcionados aos pequenos e médios produtores que compõem o cenário da agricultura familiar do município. Para tanto, é tramitado um processo licitatório que antecede a distribuição de alimentos e, então, os insumos são produzidos de acordo com a demanda previamente apresentada e entregues em tempo hábil. Trata-se de uma “escola modelo”, de acordo com as observações do professor Sandro Breval, em relação às demais. Com 1200 alunos, é a maior escola municipal de Silves e o percentual de aceitabilidade da merenda entre os estudantes ultrapassa 95%, resultado classificado como satisfatório e exemplar. “As conclusões foram bastante positivas, há um controle minucioso em relação à qualidade dos produtos e aos cuidados necessários para o armazenamento”, relatou o docente, ao pontuar a importância da valorização da agricultura familiar para suprir necessidades alimentares vindas de escolas públicas. “Por iniciativa da Seduc [Secretaria de Estado de educação], foi implantado o Programa de Regionalização da Merenda escolar, o Preme, através do qual muitos itens regionais e de alto valor nutricional são incluídos no cardápio”, complementou. Dentre as sugestões levantadas pela equipe, tendo por objetivo a melhoria do desempenho que já apresenta-se como elevado, o professor Breval destaca o aprimoramento de questões logísticas, à luz de teorias da Administração trabalhadas em sala de aula. “É necessário ampliar ainda mais a participação de agricultores familiares. A distribuição deles para a prefeitura poderia melhorar com transportes adequados e incentivos adicionais, isto faz parte da logística ideal para o bom funcionamento do elo produtor/escola”, frisou o coordenador do projeto. Segundo ele, o produto final consiste na publicação de um artigo redigido pelos alunos sob sua orientação, em um ou mais periódicos científicos que serão selecionados posteriormente. O texto dará ao leitor propostas de estratégias logísticas relacionadas ao tema. Teoria atrelada à prática Em análise crítica e empírica cujas considerações enfatizam união e engajamento da equipe da merenda escolar examinada, por compartilhar de forma correta a missão e visão do centro educacional através da divisão das tarefas, a estudante do curso de Administração Stephane Reis relata que esta é a primeira vez que participa de um projeto de extensão, experiência avaliada por ela como ímpar. “Poder aplicar os conhecimentos adquiridos nas aulas de forma prática é algo extremamente satisfatório, você analisa e compreende situações corriqueiras e que talvez passassem despercebidas, senão aos olhos de um administrador. O conhecimento tácito é posto à prova lá fora, por este motivo recomendo muito que os alunos busquem participar dessa forma de vida acadêmica”, aconselhou a discente, que afirma trabalhar para que o projeto tenha os melhores resultados possíveis. Confira a lista dos alunos participantes: Stephane Reis de Souza, Maria Luisa Saunier Valente, Alexandre Augusto Jorge, Giovanna Belfort Moreira, Elienai de Souza Nogueira, Frankandrey Batista Ferreira e Nelverton Rodrigues da Silva. Fonte: https://ufam.edu.br/noticias-bloco-esquerdo/8661-discentes-de-administracao-realizam-projeto-de-extensao-em-silves Por Carlos William Equipe Ascom Ufam




Compartilhar: FACEBOOK




CLIMA E TEMPO